Galeria
OCRAM15
Desde 04/02/2008
Games




 




Desafios premiados - Aprenda, se divirta e ganhe muitos prêmios nas gincanas virtuais
Fonte: WebGuide

A Web parece ter encontrado a fórmula do sucesso para conhecer, divertir e, ao mesmo tempo, premiar os internautas. O método é antigo, mas ganhou novo sabor e conquistou mais adeptos ao migrar para o mundo virtual. Trata-se das gincanas. Lembra delas? Você responde a perguntas, acumula pontos a medida que acerta as respostas e ganha prêmios. No computador, a brincadeira é geralmente individual. Aquelas tarefas como conseguir um autógrafo de artista, um isqueiro cor-de-rosa e outras maluquices mais estão restritas ao mundo real. Mas, quanto aos prêmios... Prepare-se: são de encher os olhos. Há muito mais do que camisetas, canetas e chaveiros.

Sites como o BestLife (www.bestlife.com.br) ajudam a transformar enfadonhas navegações em divertidas disputas por prêmios. Com uma lista de mais de 14 mil pessoas premiadas e um cadastro de 160 mil internautas, em quase um ano de existência, o BestLife é uma das minas do tesouro da Internet do Brasil. Além de jogos temáticos, desafios, trívias e games, o site também apresenta sorteios, leilões, bolões e outras seções nas quais o usuário concorre a prêmios como jóias, viagens, eletroeletrônicos e muito mais. E a equipe do BestLife não está para brincadeira. Preparam novidades como o campeonato de futebol BestGol e a máquina de caça-níqueis Pontiplicador. Tudo para manter o sorriso no rosto do gincanauta.

Sorte da paulista Adriana Tatarevic, 28 anos, que vai passar o Natal em Nova Iorque por conta do BestLife. Aliás, a família Tatarevic é um time forte que joga em conjunto para faturar prêmios. São nove irmãos, mãe, sobrinhos, cunhados - todos disputando uma vaga no modem para arriscarem a sorte. Foi justamente em um leilão que Adriana ganhou a passagem. "Depois que dei o lance, vi a relação de ganhadores e não acreditei quando li o meu nome lá...", conta.

Quem acha difícil ganhar prêmios na rede está enganado. Cresce o número de páginas que distribuem brindes ou mesmo dinheiro vivo para os internautas. E se até hoje você se achava um gato-preto, prepare para ver a sua sorte mudar. Que o diga o mineiro de Uberaba, Luciano Ângelo, 25. Ele, que se considerava um azarado no mundo real, descobriu a sorte na Web. "Fora da rede sou pé-frio, mas via modem, já ganhei camisetas, CD's e uma impressora", conta. O Webdesigner Luciano faturou o equipamento no começo do ano, no Ganhei! (www.ganhei.com.br). "Quando recebi a carta avisando da premiação, fiquei surpreso. Pulei, gritei, quase não acreditei. O prêmio era para apenas uma pessoa. Até hoje tenho orgulho disso."

O Ganhei! é um desbravador da Internet. No ar desde 97, o site começou com estrutura praticamente amadora e hoje é uma referência na hora de distribuir prêmios. Cláudio Perpétuo, gerente de desenvolvimento do Ganhei!, explica que hoje o site tem em média 300 mil acessos mensais de usuários cadastrados.

O gaúcho de porto Alegre, Luciano Weber, 28, ao contrário de seu xará mineiro, é um pé-quente. "Já ganhei, na Internet, CD's, relógio e camisetas. Tanta sorte fez com que o rapaz embolsasse R$ 1 mil do site 1000 prêmios (www.1000premios.com.br). A página foi criada pela Reader's Digest, que publica a consagrada revista Seleções, para incrementar seu banco de dados. No 1000 prêmios, o internauta concorre a sorteios diários de R$ 1 mil e a um carro importado por semana - além do grande prêmio de R$ 500 mil, que será sorteado em dezembro. (...)

Quase sempre em parceria com outras empresas, como o Cadê?, a Gincana Premiada (www.gincanapremiada.com.br) já deixou muita gente com um sorriso de orelha a orelha. São 120 mil cadastrados, uma média de 20 milhões de pageviews por mês e toda sorte de prêmios distribuídos àqueles que cumprirem as tarefas propostas em um tempo preestabelecido. "O que nos atraiu na gincana foi o seu caráter educativo", explica Rosângela de Melo, 39. Junto com seu marido, Samuel Fernandes, ela colocou na garagem um Ford Ka zero quilômetro, vários micros e uma viagem para assistir a uma partida do Grand Slam - com direito a raquete premiada do Guga e tudo o mais. E o casal sul-mato-grossense já coloca mais no time vencedor: o filho Yev, 10 anos. Ele promete ajudar a família a aumentar a lista de prêmios conquistados via modem.





Home | Regras do site | Política de Privacidade | Central de dúvidas | Audiência | Anunciantes
Sala de imprensa | Fale conosco

BestLife ©, 2018,1999 - Todos os direitos reservados.
Melhor visualizado na resolução de 1024x768.