Galeria
karyf
Desde 03/05/2008
Games




 




Sites se previnem contra falso usuário
Fonte: Jornal do Commercio

Os sites que pagam aos usuários pelo tempo de visualização das telas estão se prevenindo para evitar que pessoas ajam de má fé contra o sistema. O serviço, também conhecido como marketing interativo, remunera os anunciantes de acordo com o número de page views. O idealizador do BestLife, Antônio Pedro Freire, diz que a empresa utiliza um software para se prevenir contra os falsos usuários. Da mesma forma que o internauta pode usar um programa para simular a navegação, as empresas têm à disposição produtos que permitem detectar tal usuário.

ACESSO - Podemos monitorar o acesso dos internautas. Os softwares que simulam o movimento do mouse são muito simples e, com isso, o ciclo torna-se repetitivo. Nosso sistema facilmente encontra o falsário - explica o executivo. Ele admite, no entanto, que a segurança - como em qualquer outro site - não é 100% garantida. O que as empresas pontocom fazem, nesses casos, é investir em novas tecnologias para minimizar as chances de fraude. "Nossos anunciantes sabem disso e estamos sentando à mesma mesa para estarmos sempre antenados com novas soluções", completa Freire. Uma das alternativas que vem sendo estudada é a contratação de uma auditoria externa. A medida funcionaria como uma garantia a mais à segurança do sistema, já que a avaliação de uma empresa externa torna o resultado mais neutro e transparente.

PARCERIAS - Lançado em novembro do ano passado, o BestLife é um dos principais sites de entretenimento da Internet Brasileira. Uma parceria com a linha Coquetel da Editora Ediouro permite que o site ofereça uma série de passatempos, como caça-palavras e palavras cruzadas, moldados para a Web. "Desenvolvemos jogos costumizados para cada cliente. Estamos negociando, por exemplo, um serviço para o portal Globo.com", diz Freire. O BestLife, na verdade, não paga ao usuário em forma de dinheiro, como é feito nos sistemas do americano AllAdvantage e do brasileiro Demaobeijada.com. Quando o internauta atinge certo número de créditos, ele pode trocá-los por produtos em sites parceiros do BestLife, como Lokau e Submarino. Até o final do ano, o site terá consumido US$ 1,3 milhão em investimentos, prevê o diretor.




Home | Regras do site | Política de Privacidade | Central de dúvidas | Audiência | Anunciantes
Sala de imprensa | Fale conosco

BestLife ©, 2018,1999 - Todos os direitos reservados.
Melhor visualizado na resolução de 1024x768.